E ela aprendeu a ser feliz..

Ela rapidamente se virou, sem ao menos dizer adeus. Entrou naquele corredor, que ele jamais esquecerá.

Ela mais uma vez saiu correndo, nunca com tempo para concretizar seus maiores sonhos. Ela se dedicou demais a você. Então, cai fora.

Sei que quando você chegar em casa, vai bater a porta e escorregar devagar até as lágrimas acabarem. Eu sei que vai doer, assim como um dia o dela doeu.

Ela colocou seu vestido, calçou a sapatilha e foi caminhar no parque. Viu o carrinho em que geralmente compravam sorvete. Viu o banco preferido deles. Mas, pela primeira vez, seu coração não doeu.

Viu uma figura se aproximando, ficou feliz e esqueceu de todas as lembranças que agora eram ruins.

Correu ao encontro dele, e agora, sem nem perceber, ela estava andando de mãos dadas com o futuro. O futuro dela. O futuro deles. Ela aprendeu a ser feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s